Episódio 1: Camila precisa de ajuda

*Esta história é verídica.

Camila é uma brasileira nata: gosta de se reunir com os amigos, faz compras no shopping, faz viagens com certa frequência e nunca nega ajuda a um amigo.

Ela sempre soube que podia fazer tudo o que quisesse, mas o que ela não contava é que um dia as coisas poderiam sair do controle. Com tantas coisas boas adquiridas por meio das compras, entre elas: perfumes e roupas caras, sapatos de marca, baladas populares, bebidas e viagens, ela não tinha mais ideia de quanto estava o seu salário.

No passado, Camila trabalhava meio período com publicidade, fazia academia no outro e não tinha nenhuma pausa para cuidar do seu financeiro. O salário estava distribuído em pagar as contas básicas, e o que sobrava era gasto com ela. Não havia poupança ou renda extra.

A cada vez que ela precisasse sair, adquiria novos produtos no cartão de crédito. Quando viajava, pegava um empréstimo para garantir seu conforto. Ela sabia que aquele consignado ainda estava lá, brilhando, em seu contracheque. Sabe como ela adquiriu esse empréstimo?

Vamos lá!

Camila terminou o noivado e saiu do apartamento em que viviam juntos. Procurou uma nova morada e montou um apartamento – começou do zero sua vida, como muitos brasileiros. Pegou um empréstimo consignado – que já estava por ali, aparecendo no seu extrato bancário –, porque assim seria mais fácil comprar os itens de seu novo lar.

Ela é uma mulher que sempre teve independência e achava que tinha tudo sob controle. Sabia que não tinha com quem contar, por isso dava sempre um jeito. Se esse jeito era o certo, nós vamos descobrir já, já!

Com tantas reviravoltas, Camila se viu em um novo emprego, mas com dívidas velhas.

E agora ela precisa de nossa ajuda para encarar o desafio de sair do vermelho e retomar a sua vida. Vamos entender melhor com os números que ela nos apresentou?

O que ela deve? Quanto? Juros da dívida
Empréstimo consignado R$24.300,00 2,09% a.m
Cartão de crédito R$9.000,00 18,28 a.m – 649,78 a.a
Cartão de loja de departamento R$1.250,00 13,9% a.m. (+IOF) – 376,74% a.a

Para começar a ajudar a Camila, vamos traçar um panorama. Precisaremos entender se ela adquiriu novas dívidas, quanto ela paga de aluguel e despesas básicas e o mais importante: a sua renda no momento.

E aí? Preparado para iniciar essa jornada rumo ao azul?

Acompanhe com a gente o que vamos fazer para ajudar essa brasileira que precisa tomar as rédeas de sua vida.