Aproveite o outono, mas de olho na saúde

As folhas, a umidade, a temperatura e a imunidade caem na estação que chegou

Muitos vibraram com a chegada do outono que em muitas partes do Brasil deu uma trégua no calorão. É uma estação boa para aproveitar a chuva, tomar bebidas quentes ou até mesmo fotografar as mudanças na paisagem. Contudo, é nessa época também que o clima tem uma grande mudança, dando espaço para as doenças respiratórias.

Segundo a Organização Pan Americana da Saúde (OPAS), centenas de milhões de pessoas de todas as idades sofrem dessas doenças e de alergias respiratórias em todos os países do mundo. São elas: asma, a rinite alérgica e a doença pulmonar obstrutiva crônica, entre outras.

A rinite alérgica, por exemplo, é considerada pela OPAS como doença de maior prevalência entre as doenças respiratórias crônicas e problema global de saúde pública. Cerca de 20 a 25% da população sofre de rinite.

Gripe em pauta

Além das doenças respiratórias crônicas, é tempo de alertar também sobre a gripe. Na última semana, o Ministério da Saúde lançou a Campanha de Vacinação Contra a Gripe 2019. A campanha, que dura de 10 de abril a 31 de maio, a expectativa é que 58 milhões de pessoas sejam vacinadas em todo o Brasil.

A novidade deste ano é que a faixa-etária do público infantil foi ampliada, de até 5 anos para até menores de 6 anos. Além disso, serão vacinados trabalhadores de saúde; povos indígenas; puérperas (mulheres até 45 após o parto); idosos (a partir dos 60 anos); professores, pessoas portadoras de doenças crônicas e outras categorias de risco clínico, população privada de liberdade, incluindo adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medida socioeducativa, e funcionários do sistema prisional e gestantes.

Segundo o Ministério da saúde, só este ano até 23 de março, foram registrados 255 casos de influenza em todo o país, com 55 óbitos. Até o momento, a influenza A H1N1 é o subtipo predominante no país, com 162 casos e 41 óbitos. O estado do Amazonas é o que apresenta a maior circulação do vírus, com 118 casos e 33 mortes. Por isso, o Ministério da Saúde antecipou a campanha de vacinação para o estado, que já está vacinando a população desde o dia 20 de março.

Prevenção sempre ajuda

Para prevenir doenças respiratórias podemos tomar cuidados simples no cotidiano. Veja o que você pode fazer:

  1. Lavar bem as mãos

Além do ar, as mãos são uma forma de contaminação de doenças contagiosas. Por isso, sempre bom lavar antes das refeições e fazer a manutenção com álcool em gel.

      
       2. Evitar fumar

O cigarro é um grande vilão da saúde em geral e ajuda no aumento de doenças respiratórias.

       3. Tomar bastante água

A hidratação é fundamental, médicos recomendam tomar em média 2/ 3 litros de água por dia para evitar diminuição da imunidade.

      4. Descansar

Respeite os limites do seu corpo, ter um momento de descanso é primordial para repor as energias.

      5. Evitar aglomerações e locais fechados

Lugares fechados são propícios para a proliferação de microorganismos, então mantenha os ambientes arejados, principalmente onde você passa a maior parte do dia.

Tags: outono saúde

Veja mais