Como economizar energia elétrica e manter o charme da decoração

Acompanhe dicas incríveis sobre economizar ao planejar a iluminação dos ambientes de sua casa

As tarifas de energias elétrica vêm pesando cada vez mais nos orçamentos familiares. Para piorar, a depender dos Kwhats/hora consumidos por mês, as companhias de fornecimento de energia podem aplicar a chamada bandeira vermelha – tabela que sobe a alíquota por unidade de consumo. Na prática, isso significa que quem extrapola determinado limite de consumo paga a mais por isso.

Para quem pensa em economizar, não resta outra saída: é preciso controlar o consumo de todas as formas e pensar em estratégias para não desperdiçar energia. Pensando nisso, organizamos este post com dicas para quem pensa em manter o charme da decoração, sem ter que pagar uma fortuna pela conta de energia. Confira!

Utilizando lâmpadas de led

Desde de junho de 2016 está terminantemente proibida a venda de lâmpadas incandescentes. Como muitos já sabem, o consumo desses modelos de lâmpada é consideravelmente superior às versões mais modernas, como as fluorescentes e as de led. E foi pensando nisso que o governo promoveu essa mudança.

E pensando nas opções hoje disponíveis, as lâmpadas de led apresentam o melhor custo benefício. Sua durabilidade de até 15 anos ou 40 mil horas de uso, com utilização diária de até 8h, é fator que mais impressiona.

E embora o brilho não seja o mesmo com o passar dos anos, nenhuma lâmpada fluorescente se aproxima desse tempo de duração, sem falar na potência. Uma lâmpada de led de 10w ilumina a mesma área que uma lâmpada de 15w.

Fazendo da iluminação natural uma aliada

Mais do que economizar comprando as lâmpadas certas, você ainda pode fazer da iluminação natural uma aliada. O que não faltam são exemplos para isso. Com a utilização de portas de vidro em determinados ambientes, por exemplo, é possível ter um ganho incrível em termos de iluminação.

Em algumas áreas de sua residência você também pode optar por utilizar tijolos vazados ou telhas e tijolos de vidros. Tetos para corredores feitos de material translúcido também figuram como opções.

Aplicando cores claras a decoração

Combinado a iluminação natural, você também pode optar por uma decoração de cores claras. Móveis, cortinas, estofados, abajures e tapetes em tons de branco e suas variações são uma boa pedida. Afinal de contas, a iluminação, seja ela artificial ou natural, terá melhores condições de reverberar pelo ambiente, demando menos luzes pelos cômodos.

Escolhendo a disposição certa para as luzes

Na hora de posicionar as lâmpadas pela sua casa, é interessante pensar na disposição mais estratégica para elas. Isso porque, ao escolher os lugares certos, será necessário menos luzes para se obter a mesma iluminação.

Muitas vezes, esse será um trabalho para profissionais, pois a maioria das pessoas não dispõe do conhecimento necessário em design de ambientes para isso. E, não só pela economia com as luzes, esse pode ser um investimento interessante, pois a decoração como um todo terá um ganho incrível de qualidade.

E aí, gostou de nossas dicas sobre como economizar com a iluminação? Deixe seu comentário e conte para gente como você feito em sua casa.

Tags: conta de luz economia

Veja mais