Como substituir o leite de vaca?

Outras alternativas estão cada vez mais presentes na mesa do brasileiro

Entre alguns fatores que têm mudado a forma do brasileiro de consumir leite, estão: influência da cultura vegana e a intolerância à lactose.

Para explicar, cultura vegana é um modo de vida que visa a não exploração animal. Isso vale não somente para alimentação, como roupas, produtos e tudo do cotidiano. O fato é que esses hábitos têm crescido bastante nos últimos anos. Segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (IBOPE) no Brasil, 55% dos entrevistados disseram que consumiria mais produtos veganos se estivessem melhor indicados na embalagem, enquanto 60% se tivessem o mesmo preço que os produtos que estão acostumados a comprar.

A nutricionista Mariuze Loyanny, graduada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), explica como funciona esses “leites” alternativos. Segundo ela, leite vegetal é apenas um nome popular dado, o termo certo é extrato bio solúvel. “A recomendação é que esses leites sejam usados para pessoas alérgicas ou intolerantes ao leite. E também existem pessoas que optam por substituir o leite pelo extrato bio solúvel do vegetal por causa do veganismo.”, esclarece a nutricionista.

A nutricionista conta que os extratos bio solúveis atendem a tipos de grupos: “Tem pessoas que precisam diminuir o consumo de gordura saturada, então, o consumo desses extratos bio solúveis pode ser uma opção dentro da dieta. Eles possuem composição nutricional muito boa sim, depende do tipo”.

Apesar desses leites serem bastante saudáveis, Mariuze alerta eles não substituem todos os nutrientes do leite animal, para isso são necessários outros hábitos dentro da dieta. “Outra coisa que deve ficar atento é que dependendo do vegetal que for escolhido, o consumo desse leite vai ter que ser menor.”, explica a nutricionista

Intolerância à lactose

Intolerância à lactose nada mais é do que a incapacidade de digerir a lactose (açúcar do leite). Muitas pessoas têm  deficiência ou ausência de uma enzima intestinal chamada lactase. É esta enzima que decompõe o açúcar do leite em carboidratos mais simples e ajuda na absorção.

Os sintomas são: náusea, dores abdominais, diarréia ácida e abundante, gases e desconforto. Porém, variam de pessoa para pessoa e da quantidade ingerida. Não são graves, mas geram bastante desconforto.

Contudo, a intolerância à lactose não é considerada uma doença, apenas uma deficiência e pode ser controlada. Os médicos recomendam evitar o consumo de leite.

Insira na sua dieta

Há inúmeras opções de receitas bem fáceis de fazer que cabem muito bem no seu dia a dia. Anote:

<>

Leite de arroz

O leite de arroz tem baixo índice calórico e que não tem gorduras, há quem diga que até auxilia no emagrecimento. A receita é 1 xícara de arroz integral e 4 xícaras de água. Deixe cozinhar até os grãos ficarem macios e cozidos. Desligue, coloque no liquidificador juntamente com mais 4 xícaras de água filtrada em temperatura ambiente e pulse por 5 ou 6 vezes. Coe em uma peneira fina e está pronto!

Leite de aveia

Naturalmente adocicado e supercremoso é rico em fibras, antioxidantes, ferro, zinco e magnésio e fortalece o sistema imunológico. Você vai precisar de 2 xícaras de aveia em flocos com 4 xícaras de água. É só deixar a aveia de molho na água por 1 hora, depois, bater no liquidificador e coar a mistura em uma peneira bem fina ou num pano fino e limpo.

Leite de coco

Esse é bastante popular, apesar de existir o industrializado, é bem simples de fazer em casa. Você vai precisar de 1 polpa de coco seco cortada em pedaços e 700 ml de água morna. É só bater os ingredientes por aproximadamente 3 minutos no liquidificador, coar em uma peneira fina ou um pano de algodão. Está pronto!

Tags: alimentação qualidadedevida saúde

Veja mais