Por dentro do autopatrocínio

Veja como fazer para continuar no seu plano de previdência complementar em caso de desligamento

Demitir-se ou ser demitido... mudar um pouco o rumo da carreira nem sempre está nos planos pessoais, mas é algo que pode acontecer a qualquer momento, basta estar empregado. No entanto, para aumentar a segurança de quem contribuiu com a previdência complementar fechada durante o tempo em que permaneceu na empresa, existem regras que permitem que o participante continue contribuindo com o plano, se assim desejar. É possível permanecer filiado, nas mesmas condições anteriores, desde que continue honrando com os pagamentos mensais e assuma a contribuição que anteriormente era oferecida como contrapartida pelo patrocinador.

“O que o participante não pode esquecer é que, no regulamento dos planos de previdência complementar fechada, há prazo fixado para o exercício do auto patrocínio após o desligamento da empresa. Após esse período, o participante já não pode mais fazer essa opção”, diz a advogada Ana Paula Oriola de Raeffray, sócia do escritório Raeffray Brugioni Advogados, especialista em Previdência Complementar.

Daí a importância de conhecer em detalhes o regulamento do plano com o qual se contribui, para saber como usufruir desses e de outros direitos e benefícios. “A maioria das pessoas só se lembra de consultar esses documentos quando precisa resgatar a renda”, diz Ana Paula.

Além do auto patrocínio, o participante que se desliga de uma empresa pode contar com outras alternativas para sacar ou administrar o montante acumulado. Ele pode transferir o investimento para outra instituição, receber uma renda proporcional às contribuições feitas enquanto esteve empregado ou, ainda, resgatar de uma só vez tudo o que poupou. Porém, vale analisar bem todas as opções, antes de decidir, bem como consultar as condições do plano para cada uma das alternativas possíveis. Afinal, é a tranquilidade e o conforto futuros que estão em jogo. 

Tags: Ana Paula Oriola de Raeffray Autopatrocínio futuro previdência previdência complementar

Veja mais